CLÁUDIO AJUDA-ME

… A história da primeira sessão (Recuar 14 anos)

Por

… Esta fotografia foi tirada aos três meses da Leonor. A revista VIP, que estava sob a direcção da Natalina de Almeida, que está agora na direcção da revista CARAS, queria muito as primeiras fotografias da minha filha. Se recuarmos 14 anos isto era muito importante. Eu tinha feito o ‘Big Brother Famosos’, tinha acabado de apresentar na TVI o ‘Olhó Video’ e voltava para a SIC para fazer a ‘Tertúlia’ com a Fátima Lopes. Era um assunto desejado e procurado… A Nani (forma carinhosa como tratamos a Natalina de Almeida) convenceu-me a fazer a produção com a Leonor. A Mãe da Leonor não gostava da ideia, porque a bebé era muito pequenina. Ter um equipa de produção em casa seria uma carga de trabalhos, muita confusão, agitação e iria baralhar as rotinas da minha filha. Eu queria fazê-lo, devo dizer. Sentia na altura que devia às pessoas que no ‘Big Brother Famosos’ tinham votado em mim para líder de popularidade sempre mais coisas sobre mim e a minha vida. Chegamos à conclusão que se podia fazer a produção sendo com fotografias caseiras. Só fazíamos se as fotografias fossem feitas por nós, na rotina da Leonor e ao seu ritmo. Se ficassem boas, fechava-se acordo, senão, nada feito. Foi o que aconteceu. Tirámos as fotografias, entregámos à Nani e no mesmo dia ela disse que estavam óptimas. A Leonor estava animada e bem disposta. Sempre foi animada e bem disposta e aos três meses fazia gracinhas novas todos os dias. Depois desta sessão fizemos mais umas quantas para a imprensa, até que se decidiu que as coisas seriam travadas até a Leonor decidir o que fazer. E assim tem sido. A Leonor não gosta de fazer fotografias para  imprensa. Gosta de se fotografar com as amigas, mas com este propósito não. É uma escolha dela, e há que respeitar. Quando olho para fotografias destas tenho alguma saudades de quando a conseguia proteger apenas ao colo. Onde percebia o que fazer, mesmo não tendo muito a certeza, onde com os truques de pai pela primeira vez ia também descobrindo coisas novas todo os dias. Já sabem que eu sou meio saudosista, e tenho andado a descobrir coisas ‘novas’ num computador antigo. É natural que se façam viagens assim sempre que dê de caras com algum registo parecido. Se não se importarem, vou partilhando com vocês. Fazem sentir-me feliz. E se me faz sentir, faz sentido!

PS: Aqui para nós, e a brincar, fizemos há 14 anos atrás o que faz a Kate agora com a filharada. É ela a fotografa do que é publicado. Fomos à frente no nosso tempo! 😉