CLÁUDIO AJUDA-ME

… Afinal não somos tão modernos! (Ou o Ricky Martin não aguentou um rival à altura!?)

Por

… Somos um país de brandos costumes. É o que se diz! Eu acho que somos um país de costumes hipócritas. Passamos o dia a tentar convencer os outros que vivemos numa liberdade de expressão aplaudida e fazêmo-lo quase sempre porque algures no mundo alguém já aplaudiu antes. Gritamos que estamos em 2018 e importa não haver limites para a liberdade de expressão, desde que não violem a liberdade dos outros! Mas a verdade é que para a maioria das pessoas a liberdade vai até onde elas acharem conveniente, onde lhes alimenta o argumento. Não são coerentes. Portugal não é coerente em quase nada, pedir que fosse na liberdade expressão era achar que realmente estávamos evoluídos. Não ‘ convenientemente’ evoluídos claro! Tudo para dizer que por estes dias fiz uma graça (tentei), imitando uma fotografia do Ricky Martin. Uma fotografia bonita (a dele) que está em todo o lado e não foi censurada nem criticada, como aliás não devia ser. Eu coloquei a minha no Instagram e na madrugada alguém a denunciou. Disse-me o Instagram (porque eu reclamei) que tinha existido um seguidor que se sentiu incomodado com ela. A sério? Estamos a falar de uma fotografia. De um corpo protegido com uma toalha. Não estamos a falar de mais nada. Para não achar que vivo em 1900, vou acreditar que foi o Ricky Martin que denunciou a foto… já que estou convencido que a minha é melhor que a dele e que o Instagram nem se deu ao trabalho de verificar o conteúdo. Caso contrário, foi uma hipocrisia enorme desta rede, já que basta passear um pouco no Instagram para ver fotografias bem piores, agressivas, feias, abusivas e violentas que se mantém para que todos as possam ver e comentar. Mas o Instagram tem mais que fazer que se ralar com estes argumentos. Quem se dá ao trabalho de denunciar uma foto como a minha é que terá pouco com que se ocupar, seguramente. É isto!

 

Leiam também um destes artigos:

<%-- entretenimento --%> Blogs do Ano - Nomeado Entretenimento