CLÁUDIO AJUDA-ME

… Quando os Gestos são mais divertidos que as palavras (E a palavras são gargalhadas!)

Por

… Há tempos que não havia tempo para ter tempo! Eu sei que parece uma frase feita, mas é verdade. A Leonor descobriu o jogo ‘Gestos’ e ofereceu-me de prenda de anos. Claro que a prenda era minha, mas ela não resistiu e quis logo desatar a experimentar todas as regras do jogo. Reunimos a família à volta da mesa e de maneira improvisado começámos a jogar. É altamente divertido, bem disposto e reúne a família sem pressas à volta de uma mesma ideia. Com os ‘Gestos’, as sobrinhas, a filha e as minhas irmãs colocaram os telefones de lado e não se lembraram de mais nada. Apenas de brincar, divertir e tentar adivinhar a palavra.. que mesmo que fosse muito fácil, tinha sempre motivo para uma risada contagiante. Grande aposta da minha filha nesta ideia e que bela maneira de manter a família toda entretida com algo divertido e lúdico.

 

Leiam também um destes artigos: