CLÁUDIO AJUDA-ME

Navegar CategoriaActualidade

… Pedras (que ninguém entende)

Por

... As pessoas não entendem. Não percebem o cheiro, o silêncio, os olhos húmidos, o corpo frio, os braços à volta de nós, a cabeça neste lugar quando está em outro lugar qualquer ou noutro lugar quando está amarrada a este. Voltar. Perceber que só é ali, porque foi aqui. As pessoas não entendem este ...

… Era para escrever (E agora?)

Por

... Ligar o computador. Tentar escrever. Ter muita vontade de o fazer. Não conseguir organizar as ideias. Sair da página. Ir ao email. Voltar à pagina. Anexar uma fotografias. Aceitar. Querer escrever. Saber sobre o quê. Não ter vontade nos dedos para seguir o raciocínio do pensamento. Olhar em frente. Fixar o ecrã. Desviar o ...

… A minha Fé (É à minha maneira)

Por

... Sempre fui uma pessoa de fé. Daquelas que acredita piamente que há uma força que nos obriga a seguir em frente. Sempre acreditei que quando estivesse quase a desistir haveria alguém que me empurraria o corpo e a mente para que não o fizesse. Não sou batizado. Acredito. Apenas acredito. Não vou à missa ...

… Sábado de chuva (Gosto de sentir isto)

Por

… Hoje começou a chover torrencialmente. Não sei porquê, parecia-me Fevereiro. Uma daquelas tardes de Fevereiro onde começa a ser noite às três da tarde. Estava no quarto. A chuva, que primeiro começou com pingos grossos e lentos, começou a cair rápida e apressada. Gosto de a ver e ouvir. Fui para a janela senti-la. Misturava-se o som ...

… Esta pessoa (quem é esta pessoa?)

Por

... Esta pessoa existe. Esta pessoa está muito grata aos momentos que vive nesta altura. De vez em quando, revolta-se com ele, com aquilo em que acredita, fica aborrecido, chateia-se com o mundo, reclama das horas, do tempo, da roupa, das contas, do trânsito, mas esta pessoa sabe que é uma privilegiada. Tem essa noção. ...

… Globos, os melhores (Dos melhores)

Por

... Vi muitos vestidos bonitos. Uns muito feios, uns mais ou menos. Muitas transparências, muitos decotes, muita cor, muita gente convencida que arrasava e foi metida a um canto por alguém que apareceu melhor ou conseguiu usar melhor. Isto da passadeira numa cerimónia como os Globos vive de se saber usar um vestido, e não ...

… O dia! (Da grande noite)

Por

... Não é fácil vestir para uma Gala como os Globos de Ouro. Não é fácil, porque fazer simples e elegante é muito complicado. Verdade seja dita que no caso dos homens a coisa fica mais fácil, ainda assim sou muito da opinião que os homens devem ir um pouco para lá do que se ...

… Setembro (O recomeço)

Por

... Setembro sabe-me a recomeço. Não é só o tempo de escola, da feira de São Mateus, das primeiras meias nos pés, do primeiro chá quente depois do verão, dos dias mais pequenos, da manta de regresso à sala... É a volta de qualquer coisa. 'Qualquer coisa' que chega outra vez porque o calendário deu ...

… Obrigado a todos (O prémio é vosso!)

Por

… A Liliana sempre disse: ‘Vamos ganhar!’. E ganhámos! O Passadeira Vermelha recebeu pela segunda vez o prémio de Melhor Programa de Social da televisão portuguesa, atribuído pelos ‘Troféus de Televisão da IMPALA’. Acho que foi justo. Muito merecido. Já tinha explicado o ano passado que este prémio dado a um programa como o Passadeira, ...

Sem tags

Centro de Preferências de Privacidade

Estatísticas

Dados estatísticos

_pk_id.4.edc1,_pk_ses.4.edc1

Informação

Notícias Push

__cfduid

<%-- entretenimento --%> Blogs do Ano - Nomeado Entretenimento