CLÁUDIO AJUDA-ME

Navegar CategoriaActualidade

… O homem de vermelho!

Por

... A cor é forte. Fortíssima. Complicada de usar em televisão principalmente sendo homem. É preciso entender a linha do que se veste, quem veste e do que se quer passar. Escolhi a cor a medo. Quando o vi pronto continuei com medo. Quando o vesti achei que estava perfeito e apaixonei-me por este fato, ...

… Alentejo da minh’alma!

Por

… Depois de muitos dias voltei ao meu canto. Por pouco tempo mas voltei. Neste processo todo em que me encontro agora, do meu Alentejo, é do que sinto mais falta. Todos temos o nosso canto. Há alguns meses falava com uma companheira de trabalho sobre o facto de termos a nossa 'terra' e a ...

… Preto. Porque sim!

Por

... Não era a cor escolhida para este Domingo. Foi a que me apetece usar. A ideia seria usar este fato bem mais à frente. Apeteceu-me usá-lo no Domingo. Preto a cor que significa reverência e como alguém disse algures, para situações assim 'só pararei de usar preto, o dia que se invente uma cor mais ...

… E chegou a vez do Beringela!

Por

... Antes do Beringela, falemos de roupa. Daquela que se escolhe com rigor e critério para que esteja de acordo com o objectivo quando se está à frente de um programa com a escala do Big Brother! Não sou muito complicado nessas coisas, mas sou muito exigente. Deixei claro desde o primeiro dia que mais ...

… E outra vez verde!

Por

... Verde esmeralda. Já tinha usado verde, como vos mostrei aqui. Mas não tinha sido nem neste modelo, nem neste tom nem neste tecido. Verde será sempre a cor que fica bem. Porque é esperança. Porque implica renascimento, recomeço, vontade de ir. Verde sempre!    

… De azul para a vida!

Por

... Serei fã de azul marinho até morrer. É a cor que mais me favorece e aquela que usaria todos os dias em todas as ocasiões. Este fato feito pela BBraune para mim era para ter sido usado na primeira gala. Não foi. Senti que deveria ser para um momento ainda mais especial. Usei no ...

… A propósito da Sónia!

Por

… O reality têm a capacidade enorme de levantar ódio e paixões. Quando se está dentro dele, vive-se o jogo na plenitude com as emoções exacerbadas e quando se está fora vive-se com igual entusiasmo. Toda a gente tem uma coisa a dizer sobre um formato destes. O que é legítimo e lógico, porque falamos ...

… Sobre o balão!

Por

... As crianças são sempre as maiores fãs de balões. Para elas, os balões são uma espécie de amigo imaginário a quem podem contar tudo e levar nas suas brincadeiras mesmo que não existam. São sonhos. Luzes. Festa. Movimento. Delírio. Conhecimento. Inquietação. Há vezes em que um balão pode ser mar e ter a forma ...

… E ao quarto dia Bege!

Por

... Talvez esta tenha sido a cor que, quem me segue, mais pedia para ver num fato. Eu gosto do bege, beije, camelo, ou castanho clarinho como se lhe quiser chamar. Sabia que ia usar esta cor porque gosto de tons terra e do que eles significam. Para lá do beje ser claramente a cor ...

… Saudades de ir!

Por

... Este ano as viagens deverão ser feitas todas cá dentro. Eu já as faço muito não me custa nada. Mas acordei hoje com a sensação de prisão por não podermos agarrar em nós e ir. Simplesmente ir. Viajar é o melhor investimento que podemos fazer. Conhecer outras ruas, outras culturas, outras formas de acordar ...

… De verde, a cor da esperança!

Por

... Sempre gostei de verde. Deste verde especificamente porque já o usei em várias ocasiões especiais. Gosto dele e decidi logo que seria a cor do segundo programa. Verde representa as energias da natureza, esperança, liberdade, perseverança, segurança e satisfação. Caso não a tivesse já escolhido há semanas, parecia-me óbvio que seria a escolha para o ...

… A razão da escolha!

Por

... Muita gente me falou da roupa escolhida para a primeira apresentação do BB. Escolhi, como já tinha dito marcas portuguesas para vestir e calçar, e assim farei sempre que depender de mim. A BBraune loja de alfaiataria personalizada do Porto, com quem trabalho há mais de um ano e a conhecida marca de calçado ...

… Tem sido isto. Uma mistura constante!

Por

...Passei há já alguns dias a  minha quinta semana de isolamento social. Não sou caso único e nem sabemos quanto mais tempo vamos estar assim. Todos os dias quando acordo tenho o sentimento misturado dentro de mim. A vontade de ir trabalhar e a certeza de que tenho sorte em poder ficar em casa e ...

… Sobre ontem. Com mundo virado do avesso!

Por

... Voltei à televisão dois meses depois de ter saído. Voltei com a missão solidária da TVI, FPF e Continente sob o mote 'Nunca Desistir'. Ontem, quando cheguei a casa não consegui fazer mais nada. Não consegui responder a todas as pessoas que me enviaram mensagens e comentários, que manifestaram a opinião. Agradeço a todas e ...

… Memórias!

Por

... Às vezes lembro-me das pessoas que ficam sem retratos. Lamento isso. Eu gosto de os ter em papel. É um bocado nosso e da nossa história, onde voltamos sempre que queremos. Chamam-me antigo por isso. Pode ser que sim. Gosto desta maneira antiga que tenho de ser... Porque quando olho para cada retrato que ...

… Acreditemos. Vai ficar tudo bem!

Por

… A quarentena, o isolamento social e o que nos está a acontecer deixa-nos de repente tempo. Tempo para ter tempo. Tempo para fazer o que nos queixávamos horas seguidas que não conseguíamos fazer. Arrumamos a casa, as gavetas, testamos receitas novas (a mim nenhuma funcionou), vemos as séries pedentes, acabamos os livros, arrumamos armários, ...

… Os amigos!

Por

... Falar dos amigos, esse grupo de gente que nos entra pela vida e fica. Vai ficando. E fica. Acomodado e encostado às paredes daquilo que sentimos ou queremos sentir. Não tenho muitos amigos. Tenho centenas de conhecidos e umas dezenas largas de uns e outros que se acham amigos, mas sempre percebi desde muito ...

… Ele, o livro.

Por

... O livro. O livro da minha vida. Não as minhas memórias. É cedo para isso, e nem sei se alguém as quereria ler.  Este é o o livro que eu queria que todos tivessem nesta altura porque conta muito do meu caminho e porque eu não acredito em coincidências, veio na hora certa. Acredito ...

… Sobre o amor. No dia de o celebrar!

Por

… Não acho graça a que se assinale o dia do namorados. Prefiro que se assinale o amor, que deve ter dias seguidos e não só um no calendário. Para mim, o amor mais não é do que ‘sentir-se em casa’ sem cerimónia. É perceber que o silêncio não atrapalha, que a descoberta de uma ...

… A única coisa constante, é a mudança!

Por

...  A mudança é necessária, muitas vezes urgente, para que os olhos que humedecem com ela, humedeçam da alegria de ver escrever outra história, para que o corpo que treme de ansiedade passe a tremer da vontade de recomeçar, para que o coração que agora está apertado e ansioso por deixar de estar, voltar a ...

… A Cristina. A minha Cristina!

Por

... A primeira fotografia. A fotografia do primeiro dia. Agora que o dia começa a desaparecer, imagino-a ‘triste’ não comigo, mas pela situação. Estará orgulhosa porque me viu sair na procura do que quero, mas triste porque me quer ao seu lado. Mas ela é das que gosta que as pessoas se façam à vida, ...

… A mudança!

Por

.... Contados pelos dedos das mãos são muitos dias metidos em 18 anos de sic sendo que 16 deles foram consecutivos e diários em muitos projectos. Vi a sic crescer fazer-se adulta e depois mulher. Vi-a passar por várias direções. Entrar gente e sair gente. Vi as paredes forrarem-se de caras e os corredores encherem-se ...

Centro de Preferências de Privacidade

Estatísticas

Dados estatísticos

_pk_id.4.edc1,_pk_ses.4.edc1

Informação

Notícias Push

__cfduid

Blogs do Ano - Nomeado Entretenimento