CLÁUDIO AJUDA-ME

Navegar CategoriaActualidade

… Obrigado a todos (O prémio é vosso!)

Por

… A Liliana sempre disse: ‘Vamos ganhar!’. E ganhámos! O Passadeira Vermelha recebeu pela segunda vez o prémio de Melhor Programa de Social da televisão portuguesa, atribuído pelos ‘Troféus de Televisão da IMPALA’. Acho que foi justo. Muito merecido. Já tinha explicado o ano passado que este prémio dado a um programa como o Passadeira, ...

Sem tags

… Fez-se Verão (Lá fomos nós)

Por

… Continuarão a ser sempre as férias da Leonor. São escolhidas por ela, com quem ela quer e onde ela quer. Nos horários tento ser rigoroso, mas é complicado. A Leonor cresceu! Mantemos esta tradição de férias ‘a dois’ desde que me separei. Já lá vão uns anos valentes. De vez em quando olho para ...

… Obrigado! (Mas é mesmo preciso parar)

Por

... Nunca é demais agradecer. Apenas agradecer pela oportunidade de ter dias como estes. São feitos de conquista e sabem bem. São conquistas minhas. São fruto do meu trabalho. Do meu amado trabalho. Suado. Cansado. Esforçado. Dedicado. Empenhado. E muito amado. São fruto de um apoio incondicional da minha família. Da generosa filha que tenho. ...

… Falemos de amor (Parabéns BBraune)

Por

... Gostava de vos falar do amor. Do amor a um projecto. Do amor entre duas pessoas. Do amor ao futuro feito a meias. Quando conheci a BBraune não conheci logo o Djalma marido da Marília que é - com ele - a dona da Marca. No começo a minha relação com eles foi comercial ...

Sem tags

… Porque é que ninguém me explicou? (que deixamos de ser criança!)

Por

... Quando era criança, nunca ninguém me explicou que o mundo não seria almofadado. Cresci muito depressa. Fiz-me bem-disposto, porque não entendo a vida de outra maneira. Vamos crescendo e, aos encontrões, percebemos que o que deixa de nos fazer criança não é o calendário. É a força com que a vida se agarra a ...

… As flores (o cheiro a casa)

Por

... Não adoro flores amarradas umas às outras dentro de uma jarra. Isso não me fascina nem sequer lhe consigo ver uma imensa beleza. São flores mortas, que vão murchar, perder vida e satisfazer apenas durante um tempo o capricho de um humano qualquer porque quer mais cor na sua vida. Gosto delas assim, espalhadas ...

… E depois? (O que vem depois?)

Por

... Há sempre um depois de depois de qualquer coisa e a expectativa de perceber quando volta outro 'depois' qualquer. Não vos dá angústia a incerteza do depois? A mim dá. Dá, dá mesma forma que também me alimenta porque estou sempre na busca de outro depois qualquer depois deste que aqui está agora. Não ...

Centro de Preferências de Privacidade

Estatísticas

Dados estatísticos

_pk_id.4.edc1,_pk_ses.4.edc1

Informação

Notícias Push

__cfduid

<%-- entretenimento --%> Blogs do Ano - Nomeado Entretenimento