CLÁUDIO AJUDA-ME

… Olá, eu sou o João (O homem que pintou o quadro)

Por

… Já vos falei várias vezes aqui sobre a tela que ocupa neste momento um lugar de destaque na minha casa de Lisboa. O que ainda não vos tinha contado é quem foi o autor. Graças à divulgação do desenho dele, muitas pessoas entraram em contacto comigo, a elogiar o traço de João Rodrigues e a semelhança com a realidade. Quando digo ‘muita gente’ não estou a exagerar, por isso achei justo revelar um pouco mais do jovem artista ‘autodidacta’ que entregou a sua vida à arte, ‘porque é o que sei fazer‘. Chama-se, como já vos disse, João Rodrigues, podem encontrá-lo neste facebooke nasceu no Montijo há 41 anos. Estudou até ao nono ano, mas a arte ‘nem sequer era o meu forte’, diz ele que entretanto se deixou ir até que descobriu aquilo a que chama ‘paixão e que algumas pessoas dizem ser o meu dom‘. O ‘Dom‘ de que fala, apareceu-lhe numa altura menos boa da sua vida. Como qualquer artista (pelo menos é o que dizem) foi numa fase má que o seu traço começou a ganhar vida: ‘apercebi-me que a maneira mais fácil de deitar cá para fora tanta coisa que me ia na cabeça e no coração era através do desenho’. E foi ao desenho que se entregou, a descobrir técnicas, vontades, maneiras de se superar sempre e surpreender cada pessoa que o segue e aprecia a sua forma de trabalhar, ‘seja a digital ou a tradicional’, porque tem o ‘dom’ de desenhar nas duas vertentes. João tem o sonho de ser tornar um nome reconhecido no meio, ‘não só porque sim, mas porque é importante para qualquer artista. Sabemos que é importante chegar ao maior número de pessoas possível’. João nasceu no Montijo, gosta de Portugal e não sabe o que será o seu futuro na arte, mas assegura que passará sempre pela forma que escolheu para viver, por isso lutará por ela convencido que ‘em Portugal não é fácil ser artista’.Mas ele é decidido, porque como já vos disse, ‘não sei ser outra coisa’.

 

Leiam também um destes artigos: