… A Festa do Pedro!

Por

… Acabei de ver o episódio gravado tenho que enaltecer o elenco, o texto, a ideia e o meu querido amigo Pedro Alves que se transforma no protagonista da novela num ápice e a cada cena sua. Que coisa bonita, divertida e natural de se ver. É bom! O texto é bom e ele dá-lhe a graça natural com que se identifica imediatamente quem está me casa. Existem muitos ‘Bino’ como este espalhados por muitas freguesias de Portugal. Seguramente não terão a mesma graça nem o mesmo talento do Pedro Alves um do melhores corações que este meio conhece. Quando se fala em bom coração pode falar-se dele, porque tem uma alma limpa, incapaz de dizer mal de alguém e de olhar de forma negativa seja para o que for. Já trabalhei lado a lado com ele já fez de mim um ‘mini-actor’ que contracenava com a sua ‘Dª Celeste’ nas manhas da SIC e rapidamente percebi que a sua generosidade não tinha um limite e que por isso o futuro só lhe poderia trazer coisas boas. E assim foi. Óbvio que não foi fácil este caminho e teve que subir alguns degraus a par para que muitas desilusões não lhe toldassem a vontade de seguir em frente, mas o foco e a vontade de provar que é muito mais do que aquilo que até aqui se conhecia dele foi fintando as dificuldades e chegou aqui. Chegou aqui na altura certa, no momento exacto e com um papel que lhe assenta que nem uma luva. Claro que deve ter tido medo porque abraçou um registo novo, numa ‘família’ que não conhecia e com a responsabilidade de dar à ficção a credibilidade que nos prenda ao ecrã. Passou com nota elevada e passou porque para lá do talento merece passar. Há muito tempo que não via episódios seguidos de uma novela para me rir a bandeiras despregadas como faço com esta ‘Festa é festa’ e estou sempre a esfregar as mãos de entusiasmo para que cheguem as cenas do Presidente da Junta. Pode parecer estranho mas esqueço-me que o Pedro Aves é o Bino e imagino apenas que o Bino é o gabarolas do Presidente da junta de ‘Bela vida’ e deixo-me ir. Como eu, mais de um milhão de portugueses todas as noites se deixa ir. O mundo é feito de boas pessoas. Pelo menos grande parte dele eu quero acreditar que sim e nessa parte está o Pedro um homem dos valentes que teve que fintar o destino umas quantas vezes, um pai presente, um companheiro atento e um amigo daqueles que se quer. Quem o vê não o imagina apaixonado por motas, pela aventura, pelo desconhecido. Quem o vê não sonha o que já passou, não imagina o que esperou pelo mundo para que o mundo lhe desse esta oportunidade. Ao Pedro todos os elogios desta semana porque me sinto muito vaidoso e orgulhoso de o ver ali, porque sei – e ele também, que com esta personagem cala a boca a muitos que muitas vezes acharam que não passaria ‘de um lugar onde achavam que estava por direito e teria que se dar por satisfeito. O Pedro mostra – com este seu ‘Bino’ – que está na hora de se acabar com os malditos rótulos que se colam nas pessoas. Sejamos espectadores, não sejamos idiotas. Bravo Pedro. Bravo! Bravo!..

Centro de Preferências de Privacidade

Estatísticas

Dados estatísticos

_pk_id.4.edc1,_pk_ses.4.edc1

Informação

Notícias Push

__cfduid

Blogs do Ano - Nomeado Entretenimento