CLÁUDIO AJUDA-ME

… A fotografia de Rita (Quando elas querem uma igual)

Por

… Já se sabe que eu gosto muito de gente desempoeirada, que não se leva muito a sério, que se permite brincar e sair da zona de conforto. Eu próprio o faço sem expectativa de me achar melhor nem pior. Também se sabe que fotografias geram likes e criam dinâmica nas redes sociais, mas é para isso que elas existem e é preciso saber usar as redes antes que elas (as redes) nos usem a nós.  A Rita Pereira é um desses casos, e mais uma vez voltou a mostrar saber o que faz quando faz qualquer coisa que não se está à espera. Por estes dias colocou uma fotografia na internet que se tornou viral e deu muito que falar. Eu acho a fotografia bonita, o que eu acho estranho é que uma fotografia destas em 2017 dê ainda tanto que falar. Enquanto isto acontecer é bom que a Rita o faça, para meter a mão na consciência de quem acha que uma coisa assim não se pode ou deve fazer. O que eu acho muita graça é que os comentários negativos, regra geral, chegam de mulheres que gostariam de o fazer e não podem. Não porque não têm o corpo da Rita, que isto vai além do corpo, mas talvez lhes falte a coragem de encarar a lente e dizer ‘faço o que me apetece‘, porque estão demasiado preocupadas com o que a vizinha do lado pensa. O mundo não é assim e  enquanto se achar que isto é ‘demais’ ainda não estamos no lugar certo. Há muito para caminhar!

 

Leiam também um destes artigos: