CLÁUDIO AJUDA-ME

… Nelson que sonha Lisboa! (O homem que vestiu Cristina!)

Por

… O encontro foi marcado no lugar que mais lhe diz em Lisboa: na Rua do Carmo a subir para o Chiado e combinámos ali ‘porque aquele carrinho de fados inspira-me tanto’ diz ele, ‘cada vez que aqui passo, lembro-me nos dias em que vinha visitar Lisboa e que dizia a mim mesmo que um dia gostava de viver nesta cidade’… E agora vive. Vive e sonha. Mas não nasceu cá, nem tem por Lisboa grandes raízes. Nasceu na Alemanha há 29 anos, depois foi para Mirandela onde esteve no colo da família até aos 16, altura em que resolveu regressar à terra que o viu nascer. Não se ficaria por lá. Depois de se licenciar em design de moda realiza outro sonho. 2012 foi ano para a vontade falar mais alto e a aventura em Lisboa começou. Gosta de moda desde que se lembra de ser gente. Ganhou concursos, participou em iniciativas, estagiou com Nuno Gama e Dino Alves e fez-se criador. Foi-se fazendo sozinho, por trás de uma estranha timidez que muitos podem confundir com arrogância. O corpo tatuado traça-lhe a alma de artista. Irreverente? Pode ser que sim, como era Alexander Mcqueen, que tanto o inspirava… O nosso encontro foi marcado para satisfazer uma curiosidade: como é que o jovem, que muitos desconhecem, é convidado para vestir Cristina Ferreira num dos momentos mais marcantes da sua vida? Da dela e automaticamente da dele também… Subimos a rua, a música que toca no carro de fados foi ficando mais longe e foi aparecendo a resposta saída pausadamente da boca de Nelson Lisboa, o homem que adoptou a cidade no nome e que pensou o visual da mulher mais famosa da televisão em Portugal neste momento.

15207817_10205750980932667_813155709_n

Pergunto-lhe directamente como se sente ao vestir a Cristina para um momento tão importante como o lançamento do livro? ‘Foi muito importante para mim vesti-la porque a admiro muito como mulher e profissional, para além de a achar lindíssima’. Onde a conheceste? – foi a pergunta que me saiu imediatamente – Conhecia-a quando fui ao programa Você Na TV apresentar peças minhas e simpatizámos logo um com o outro e ela demonstrou muito interesse pelo meu trabalho’ … Os olhos dele ficam iluminados ‘Ela é muito humana’. Diz que é demasiado tímido e inseguro, ‘mas sei onde quero chegar, confio muito no meu trabalho.’ Nelson continua entusiasmando e adianta ‘Ela é que me escolheu para a vestir para o livro assim como antes me escolheu para a vestir para o lançamento do perfume‘, lembra-me e sorri. Cristina será uma inspiração? ‘Ainda bem que o dizes, porque a minha inspiração foi mesmo ela! Quase como uma MUSA. Eu desenhei alguns vestidos e ela apaixonou-se logo por aquele que levou ao lançamento do livro’E depois foi fácil?  ‘E depois foi passar do papel para a pele‘ remata em tom divertido porquesou divertido apesar de não parecer à primeira vista’. Quer se queira quer não, o jovem que Portugal ainda não conhece muito, foi o escolhido para uma data tão mediática na vida de Cristina Ferreira e isto deve ser de facto importante para a carreira dele ‘Claro que sim! Foi um passo muito importante na minha carreira’ e volta ao tom sorridente que tinha antes ‘Não é todos os dias que vestimos uma das mulheres mais influentes em portugal…’ Continuamos a subir a rua. Já sem música, apenas com som das pessoas que passam umas pelas outras carregadas de sonhos, como ele passou uma dia, quando vinha apenas de visita a Lisboa.

dayle

Leiam também um destes artigos: