CLÁUDIO AJUDA-ME

… Apeteceu-me elogiar a Tânia (Só porque sim, ou talvez não!)

Por

… Não há uma razão aparente para que hoje me resolva debruçar sobre a Tânia Ribas de Oliveira. Não mesmo! Ela não liderou ontem, não lançou outro livro, não fez uma declaração polémica, nada disso… Mas fez uma coisa ontem que eu achei muito bonita, honesta, verdadeira e corajosa. Mesmo! Colocou um post nas suas redes sociais onde desejou sorte a todos os programas da manhã. Claro que isto vos pode parecer normal, mas não é. Nos dias de hoje, no mundo em que vivemos, no meio que respiramos, fazê-lo de forma natural e espontânea não é natural. Ela fez. Eu emocionei-me e falei desse gesto num programa de televisão. Recebi depois algumas mensagens a dizer que o que a Tânia ‘não fez nada especial’ que merecesse aquele elogio.  Enganaram-se!  A Tânia fez ‘algo especial’ com o coração, e acho que gestos desses devem ser elogiados porque servem – de uma forma ou outra – para mostrar que não somos todos iguais, que apesar de ‘lutas’ diferentes há um coração generoso que não se importa de se manifestar publicamente, correndo riscos de ser olhada de lado, comentada e até chamada à atenção… Não é de hoje que sinto o bom coração da Tânia, com as qualidades e defeitos que ela pode ter, como qualquer pessoa tem. Não é de hoje que gosto dela, nunca trabalhámos juntos, não somos amigos íntimos, já a entrevistei duas ou três vezes, já me elogiou algumas vezes o trabalho, também já me criticou em alguns pontos e eu agradeço, mas a relação não tem sido mais que isso. A ‘isso’ junto um punhado de amigos que temos em comum e lhe tecem muitos elogios, o que me faz sentir uma ternura imensa por ela, ternura que já me vem dos tempos em que lhe fiz a primeira entrevista e falou comigo do seu papel de neta e percebi ali a importância que a minha mãe teria na vida da minha filha. Eu não tive avós. Não tive idade para os ter. Tudo isto, podem pensar que vem a propósito de nada, e eu justifico, dizendo que vem a propósito do coração. A televisão é afecto e eu prometi que este ano, quando tivesse que elogiar  alguém o faria. E, depois de ter visto o post da Tânia, apeteceu-me muito fazê-lo e agradecer-lhe. Porque ela fez com o coração. Percebeu-se isso, e isso é que faz a diferença. Afinal, bem visto, há uma razão forte para ter escrito isto.

‘As manhãs em televisão estão ao rubro. Cada programa mais apetecível do que outro. Gosto muito de todos os profissionais envolvidos nos três, por isso: bom trabalho, amigos. Até já.’

.

Foto: Facebook pessoal Tânia Ribas Oliveira

 

LEIAM TAMBÉM UM DESTES ARTIGOS:

<%-- entretenimento --%> Blogs do Ano - Nomeado Entretenimento